12
Tue, Dec

Vacinação contra HPV e meningite passou por todas as escolas da rede municipal

SLIDE DE NOTICIAS

A vacinação contra HPV e meningite compreendeu todas as recolas da rede pública municipal de Raposa e conseguiu alcançar de cerca de 90% do público alvo, que são as crianças e adolescentes com idade entre 9 e 15 anos.

A última escola que a vacinação passou foi a Unidade Integrada Criança Esperança, na Vila Bom Viver, sob a coordenada da enfermeira Allana Cristina com o apoio do "Programa Saúde na Escola"- (PSE), coordenado por Marcela Sousa e Ediane Marques.

O HPV é fator de risco nas mulheres para câncer de colo de útero, vulva, ânus, boca, faringe, além de verrugas genitais e outras infecções. Segundo informações do Ministério da Saúde, são 15 mil novos casos de câncer de colo de útero todos os anos.

A secretária municipal de Saúde de Raposa, Tatiana Frazão, ressalta a importância da imunização contra o HPV também para os meninos, e comemora o resultado da campanha.

No caso deles, a vacina tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus. Os cânceres de garganta e de boca são o 6º tipo da doença no mundo, com 400 mil casos ao ano e 230 mil mortes. Mais de 80% dos casos de câncer anal têm origem na infecção pelo HPV – alertou.

Para garantir a imunização contra o HPV serão necessárias duas doses com intervalo de seis meses entre elas. Manter a vacina em dia garante eficácia em torno de 98%. Diferente da vacina contra o HPV, a imunização contra a meningite será em dose única.